VIAGEM: Vamos para Bahia de carro!! – parte 3

Já estávamos há muito tempo na estrada (essa história começa aqui e aqui). Já conhecemos Caetité e Salvador, mas agora íamos para Porto Seguro, ainda de carro! Eu não lembro se eu contei essa parte: estávamos em dois carros, o do meu primo e o do meu pai. Estávamos com um GPS em cada carro, até então as coisas aconteceram da melhor forma possível, só nos perdemos na entrada de Salvador, mas nada grave, porém estava faltando uma pitada de aventura!

IMG_20140109_121001

PORTO SEGURO – BA MORRO NO MEIO DO NADA/NOVO HORIZONTE

Saímos de Salvador logo cedo e pegamos a estrada, o caminho novamente era longo e sinceramente eu já estava cansada de tanto ver curvas, pedras e morros. Mas íamos para Porto Seguro ficar mais uma semana pra aproveitar a praia.

Eu não entendi até agora o que aconteceu, só sei que de repente o GPS nos mandou para um “atalho”, acabamos numa vila meio perdida, no pé de um morro. Tínhamos duas opções, tentar voltar todo o trajeto e entender onde foi que erramos para poder pegar a estrada, ou continuar passando por uma estradinha DENTRO DO MORRO!!!! Claro que, como uma família sensata optamos pela segunda opção! Pra falar a verdade, a gente não tinha entendido a dimensão da escolha que tínhamos feito. Pensamos: “ah! não pode ser tão ruim, já está tarde, voltar tudo vai fazer a gente perder um dia inteiro de viagem”. Seguimos a diante!

percurso que deveríamos ter feito
percurso que deveríamos ter feito
percurso que fizemos :o
percurso que fizemos 😮

Antes de entrarmos na estradinha, um caminhoneiro olhou para os dois carros, mirou meu pai e disse: “o seu carro não sobe o morro”, o cara mais jovem que estava do lado discordou e seguimos com aquele mantra do caminhoneiro ecoando. (ok, to dramatizando demais). No começo estávamos confiantes, a estrada era estreita, tinha alguns pedregulhos, mas a paisagem era bonita… de repente, já estávamos há mais de 2 horas nesse morro, e não acabava nunca, o GPS já não reconhecia mais a estrada, estávamos totalmente perdido, não passava uma alma viva naquele lugar, começou a escurecer e as subidas ficaram ingrimes!

O caminhoneiro tinha razão, o carro do meu pai não ia passar, os celulares não tinham sinais, o carro do meu primo (que tem tração nas 4 rodas – com a Graça de Deus) foi puxando o carro do meu pai em algumas subidas, tivemos que descer do carro e subir a pé para deixar o carro mais leve, devia ser só umas 6 horas da tarde, mas a mata deixava tudo escuro e parecia que já era muito tarde. Mano, deu medo! Aí ouvimos uma moto chegando, um cara muito do bem e gente boa ajudou a empurrar o carro e tinha as manhas para fazer o carro subir. Aparentemente estávamos chegando numa cidade.

Depois do medo que passamos, tivemos que pegar a estrada novamente, a cidade (Novo Horizonte) tava tendo tipo um carnaval fora de época, não tinha hotéis disponíveis, estava lotado e era uma “festa estranha com gente esquisita”, sabe. Desistimos! Acabamos num hotelzinho em cima de um posto, que provavelmente era motel de caminhoneiro, não interessava! Estávamos todos cansados, comemos um lanche, finalmente eu consegui falar com meu namorado e fomos dormir que no outro dia tinha mais estrada!

PORTO SEGURO – BA (FINALMENTE)

Depois de uma longa viagem, chegamos ao nosso chalé em Porto Seguro, ficamos em Canoa Vermelha. O lugar é lindo! A paisagem mais bonita que visitamos. O carro forte de Porto são as praias, visitamos a de Canoa Vermelha, que tem feirinhas indígenas lindas! Passeamos de Escuna, que foi uma viagem sensacional e por, incrível que pareça, a internet 3G do celular pegava muito bem em alto mar, visitamos o parque aquático Eco Parque em Arraial d´Ajuda, que é bem legal, (mas se você já visitou o Thermas do Laranjais em Olimpia se decepciona um pouco) e conhecemos a Praia do Espelho.

DSCN1547
Canoa Vermelha

Eu não aproveitei muito Porto Seguro, acho que já estava bem cansada da viagem, com saudade o Rafa, de casa. Fiquei mais no chalé dormindo ou na piscina do hotel. Eu não sou muito fã da praia em si (tipo nadar no mar), mas realmente as praias de lá são as mais bonitas que eu já vi até agora!

Praia do Espelho
Praia do Espelho

Depois de 5 dias em Canoa Vermelha, pegamos o longo caminho de volta, tivemos uma mini aventura (começou a chover forte e não conseguíamos achar hotel em Belo Horizonte), fiquei enjoada com tantas curvas nas estradas de Minas para São Paulo, mas fiquei muito feliz ao chegar em casa!

Família louca que topou a viagem! Mamis estava tirando a foto
Família louca que topou a viagem!

Foi realmente uma aventura esses 15 dias de viagem, conhecemos vários lugares, rimos muito e temos muita história pra contar, mas realmente, se você me perguntar se eu iria para Bahia de carro… eu não teria essa coragem!

Tem alguma história de aventura na estrada para contar? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

2 comentários em “VIAGEM: Vamos para Bahia de carro!! – parte 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s