BALELAS: ACHEI MEU DIÁRIO OU ALGUMAS COISAS NUNCA MUDAM.

wp-1478208338252.jpeg
Foto: Mari Bomfim

Estava eu, procurando uma coisa aleatória dentro do meu guarda-roupa quando eu me deparo com um livro de capa azul, desenhada por mim, com a frase: “Mire na lua, pois se errar, estará entre estrelas”. Então um turbilhão de memórias veio junto com o caderno: aquele era o meu diário!

Eu já tive vários diários, agendas, mas esse era o mais “sério” e duradouro. Ele começa em julho de 2006 e termina em 2011. Ler ele me deixou com muitos sentimentos aflorados, mas ao final eu fiquei triste, chateada, sabe. Percebi que muitas coisas que estavam ali e me machucavam naquela época, ainda estão presentes na minha vida e eu fiquei me perguntando “o que eu fiz pra mudar isso?”

Nada! Eu me conformei, me acostumei e fiquei tentando fingir pra mim mesma, que estava tudo bem. Percebi quanto minha autoestima era baixa, quanto eu me culpava por tudo e exigia de mim mesma. Engraçado que essa não era a versão que eu tinha de mim mesma daquela época. Se você me perguntasse como eu era com 17 anos eu iria dizer que me achava super independente e feliz comigo mesma. Mas, não era bem assim.

Sim, algumas coisas mudaram, e outras, eu prometi a mim mesma que mudaria, a partir de agora. Foi engraçado como a Mariane adolescente me ensinou e me fez refletir sobre como eu sentia tanto a necessidade de ser reconhecida, de ser vista. Eu era uma menina solitária, hoje eu não sou mais.

Muita coisa eu li e me diverti muito também, porque eu não lembrava de certas coisas e foi engraçado ler o que eu escrevia, com gírias, com “orkuts” e “msn” envolvidos. Apesar de ter ficado uns dois dias refletindo e meio mal com tudo o que li, agora eu sinto que foi bom eu ter encontrado esse diário, porque me fez ver o que eu estava repetindo e o que eu estava mudando.

É sempre bom ter essas “viagens no tempo”, por isso vale a pena ter um diário, escrever algo pra você daqui tantos anos, gravar o vídeo, etc. Deixe um recado pra você mesma do futuro!

Tem diário? Já escreveu alguma coisa que depois de muito tempo leu? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

 

Anúncios

2 comentários em “BALELAS: ACHEI MEU DIÁRIO OU ALGUMAS COISAS NUNCA MUDAM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s