REVIEW: EMMA DE JANE AUSTEN

“Emma Woodhouse é uma mulher rica e aparentemente esnobe, mas no fundo, sua maior ambição na vida é ver os outros felizes. Quando decide que tem o talento para formar novos casais, passa a trabalhar de cupido na pequena aldeia inglesa de Hartfield. Emma foca suas atenções em Harriet Smith e, em meio à busca de pretendentes para a amiga, se mete em diversas confusões, sempre resgatada pelo amigo, o cavalheiro sr. Knightley.” (skoob.com) Editora Martin Claret, 2012, 600 págs.

O livro Emma de Jane Austen, foi publicado pela primeira vez em 1815 . O livro que tenho, é da coleção linda e colorida da Editora Martin Claret, publicado em 2012.

Coleção linda que o Rafa me deu <3
Coleção linda que o Rafa me deu ❤

Emma é uma protagonista que você tem uma relação de amor e ódio durante as 597 páginas, a própria autora sabia que Emma Woddhouse seria uma heroína um tanto difícil de engolir. É uma garota excêntrica e mimada, mas que durante as páginas vai tendo a sorte de encontrar pessoas que vão moldando sua personalidade e ajudando-a a amadurecer.

wp-1478207397054.jpeg
Foto: Mari Bomfim

Nesse livro, Jane Austen, mostra um outro tipo de mulher da época, diferente de Lizzie de Orgulho e Preconceito, Emma é uma garota de boa família, criada por governantas e rodeada de amigos adoráveis, com uma educação impecável, que muitas vezes ela não dá valor ou não respeita suas vontades, por acreditar que as coisas deveriam ser apenas do seu modo. Mesmo assim, Emma se acha justa e muito adorável e acredita que ela deva dar “seu toque”, suas dicas e amizade a alguém, que no caso é Harriet Smith. Muita coisa acontece durante essa amizade, muitos encontros e desencontros, romances platônicos, festas e novos amigos e muita confusão.

wp-1478207397057.jpeg
Foto: Mari Bomfim

O melhor do livro, além do humor e da confusão, é que a protagonista é uma pessoa de verdade, real, às vezes egoísta, mas extremamente altruísta em relação ao pai, que provavelmente é depressivo. Aliás, ela estava decidida a não casar (algo inimaginável na época) para poder ficar cuidando do seu pai para sempre. Porém, as coisas vão mudando no decorrer dos capítulos.

wp-1478207397274.jpeg
Foto: Mari Bomfim

Adorei ler este livro, confesso que demorei muito mais do que imaginei, mas não porque a história é ruim, mas há muitos detalhes e algumas descrições de cartas um pouco exaustivas. [Mas venci a meta que o Rafa estabeleceu! ahhahaha]. Fiquei ainda mais curiosa ao descobrir que esse livro foi inspiração para um dos filmes mais divertidos dos anos 90 “As Patricinhas de Beverly Hills”.

Vale a pena ler o livro e torcer pra que Emma crie juízo!

Gosta de Jane Austen? Já leu esse livro? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s