DESAFIO CINETOSCÓPIO DOS 30 FILMES #21

O site Cinetoscópio fez um desafio lá no facebook que você pode conferir aqui. Com 30 temas para responder, resolvi então postar aqui no blog. Para ver os outros posts do desafio clique aqui. Ou clique na barra suspensa aqui do lado (–>) e entre na categoria do desafio.

DESAFIO CINETOSCÓPIO DOS 30 FILMES

#21 – UM FILME QUE NÃO MERECEU TER GANHADO UM OSCAR.

Em 1999 o mundo estava um pouco diferente, estávamos todos preocupados com a virada do século, falavam em caos geral, diziam que todos os computadores iam parar de funcionar porque não estavam preparados para todos os zeros do ano 2000. Muitos filmes bons foram feitos na época e são relembrados e elogiados até hoje: “Clube da Luta”, “Matrix”, “O sexto sentido”, “De olhos bem fechados”, “Magnólia”, “Garota Interrompida”, além dos clássicos de comédia-romântica como, “Noiva em Fuga”, “10 coisas que eu odeio em você”, “Um lugar chamado Nothing Hill”, “Ela é Demais” e “Nunca Fui Beijada”.

O Oscar, que para muitos é o ápice do reconhecimento das grandes obras, foi muito aguardado, finalmente um filme brasileiro chegou lá, “Central do Brasil”, bombando, Fernanda Montenegro indicado como melhor atriz. “A Vida é Bela”, o filme mais emocionante pra mim até então (hoje perde apenas do Cinema Paradiso), estava ganhando todos os Oscar, a academia estava aos seus pés, mas de repente, não mais que de repente, chega o momento mais aguardado, escolha do melhor filme, e quem ganha?

SHAKEASPEARE APAIXONADO (1998) – JOHN MADDEN

Eu adoro esse filme, de verdade, assisti várias vezes, adoro a trilha, a fotografia e tem meu ator favorito, Geoffrey Rush, mas gente, ganhar um Oscar? Sério? Ganhar de “A Vida é Bela” como melhor filme? Já esperava que a Fernanda Montenegro não ganharia, mas Gwyneth Paltrow como melhor atriz? Really? O que aconteceu?

“William Shakespeare precisa escrever uma nova peça de teatro, uma história de amor com fim trágico, mas está sofrendo um bloqueio e somente uma musa inspiradora poderá ajudá-lo. Ao apaixonar por Lady Viola, ele volta a ter inspiração e escreve a peça Romeu e Julieta. Na época, mulheres não podiam interpretar peças de teatro, mas Lady Viola se veste de homem para poder participar da peça de Shakespeare, mas ele acaba se apaixonando mesmo ela sendo noiva do Lord Wessex, nobre dono de terras na Virgínia, que está a procura de dinheiro para voltar para os Estados Unidos na corte da Rainha Elizabeth I que autoriza a participação de mulheres no teatro após descobrirem que Lady Viola se vestia de homem para participar das peças de William Shakespeare”. (sinopse por wikipédia)

O filme é divertido, tem um bom romance, mas gente, ainda to chocada! Tanto filme bom, “O resgate do soldado Ryan”, “Show de Trumam”, sei lá… academia tinha bebido muito antes de decidir qual seria o melhor filme ou foram as filhas da galera toda que votaram!

Gosta de “Shakespeare Apaixonado”? Qual Oscar você achou que não foi merecido? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

7 comentários em “DESAFIO CINETOSCÓPIO DOS 30 FILMES #21

  1. Assisti ao filme, mas não gostei… não sou leitora de Shakespeare, mas pesquisei um pouco sobre ele na faculdade e foi o suficiente para eu torcer o nariz para a trama. Mas eu não dou muita bola para a academia…. O único filme que até hoje me agradou e que soube através da premiação foi o irrevelável “melhor é impossível” com Jack Nicholson.

    Bacio

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s