VAMOS FALAR SOBRE: TPM

moon, black and white, and galaxy image
Imagem: weheartit.com

Existem dois tipos de mulheres: as que tem TPM e as que não tem. Para as que não tem, aqui vai minha admiração e meus parabéns! Vocês são vencedoras na escala evolutiva, as que como eu sofrem com esse mal todo mês (70% das mulheres brasileiras), bora reclamar juntas!

Eu não estou aqui para falar cientificamente como funciona a TPM ou quais hormônios causam o quê. Isso tudo você encontra no Google ou no ginecologista (que diferentemente do primeiro, não fica te apavorando dizendo que qualquer sintoma pode ser gravidez!)

A Tensão Pré-Menstrual é diferente para cada mulher e pode mudar de grau ou intensidade até na mesma mulher, dependendo mês. Apesar de muito comum e até mesmo natural, existem casos que a TPM atrapalha o dia-a-dia da mulher, nesses casos, largue a panela de brigadeiro e vá procurar ajuda médica.

Eu tenho todos os tipos de TPM, e ela dura, geralmente 15 dias, para desespero do meu namorado. Logo que menstruei, comecei a sentir os sintomas, e mesmo tomando anticoncepcional, apesar de alguns sintomas amenizarem, ainda continuo com os sintomas clássicos.

Minha TPM começa quando eu percebo que estou irritada por nada, acordo irritada, qualquer barulho fica chato, coisas que normalmente não me afetariam começam a me deixar estressada. É nesse momento que eu tento me controlar para não ficar cuzona o tempo todo, então geralmente eu fico antisocial, no meu quarto, sozinha, para não criar conflito à toa.

Depois vem a angústia e a tristeza, começo a ter pensamentos ruins de coisas terríveis que podem acontecer, ou então fico extremamente emotiva, cheguei a chorar uma vez assistindo uma propaganda na internet! Nessa fase eu necessito chorar, eu seguro, tento me controlar, mas na verdade chorar me faz ficar aliviada, então, às vezes eu procuro algum filme para assistir que eu sei que vou chorar no final ou desabafo sobre aquilo que está me incomodando e eu finjo que está tudo bem, mas não está, ou ainda, simplesmente, quando eu tento me controlar muito, eu começo a chorar por nada… e tudo ao mesmo tempo (então não sei se nesse caso, segurar é uma boa ideia).

Aí depois vem a carência, sim, fico insegura com meu corpo, sempre acho que o que eu visto está ruim, se tem algum lugar para sair bem nesse dia, meu namorado já sabe que vou demorar para me trocar e provavelmente ele vai ter que dar uma ajuda ali. Fico perguntando se ele me ama, se eu estou bonita, e a parte que a gente precisa ser paparica pessoas! Aprendam isso! Hoje eu namoro, então essa fase eu passo bem melhor, porque meu namorado fica ali dando chamego, me elogiando e me acudindo (ele lida super bem com minha tpm, melhor até que eu). Mas quando eu não namorava, não tinha jeito, por mais moderninha e feminista que eu me achava, nessa fase me sentia feia, achava que ninguém ia gostar de mim… um transtorno!

Essas fases se misturam e ocorrem às vezes tudo num dia só e depois voltam a se repetir, é um ciclo que parece não ter fim. Além disso eu tenho enxaqueca hormonal, ou seja, pra ajudar com tudo isso tem as dores de cabeça. Fora os inchaços (que tenho bem pouco), espinhas, vontades súbitas de comer coisas gordurosas, cólicas, e fico ainda mais desastrada e desatenta (sério, é assustador).

Depois de 10 anos tendo tpm eu acredito que consigo lidar melhor com ela, e percebo que, como qualquer outra coisa, o primeiro passo é aceitar que você tem tpm, que não é apenas mimimi, como muita gente diz. É algo físico, hormonal, que afeta a mulher todo mês. Seu corpo muda para receber um bebê, ou no caso do anticoncepcional, você faz seu cérebro achar  que está sendo preparado para receber um bebê.

Novamente: tpm é comum, mas se alguns dos seus sintomas faz com que você fique muito mal a ponto de te prejudicar no trabalho, nos estudos ou na vida como um todo, procure ajuda médica, existem técnicas, formas e até mesmo medicação para melhorar os sintomas. Mas isso é assunto para um outro post.

Tem tpm? Como você fica naqueles dias? Sua namorada fica assustadora? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

14 comentários em “VAMOS FALAR SOBRE: TPM

  1. A minha oscila bastante. Tem mês que fico mais nervosa (brava) e tem mês que fico (ainda) mais sentimental… Mas, acho que os sintomas estão todos bem amenos atualmente.
    Antes de eu começar a tomar anti, eram mais fortes (inclusive a parte das cólicas). O remédio ajudou a melhorar tudo. Quando eu decidir parar de tomar, após 10 anos de uso contínuo, pensei que viveria um pesadelo, mas está sendo bem mais tranquilo do que eu esperava… Talvez meu organismo ainda esteja se adaptando e por isso a TPM está oscilando tanto haha. Veremos…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mari
    Tenho MUITA tpm. Sério.
    Hoje menos do que há 10 anos atrás, pelo simples fato de fazer acompanhamento ginecológico e evitar certos alimentos/remédios que me deixassem ainda pior (isso existe. Sério!).
    Ainda assim, a barriga inchada, o stress e o choro são livres ahahahah
    Tenho evitado café e chocolate, e isso tem ajudado.
    Sonho com o dia que chegarei a um mundo ideal onde saberei exatamente como fazer NATURALMENTE para diminui-la ainda mais!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Estou exatamente nesse momento de tpm, choro a toa até por pisar em uma formiga as vezes, mas me da ataques de raiva também. Minha tpm varia muito, meu namorado sofre um pouco, mas ele me entende e faz eu ficar calma, sempre está comigo me apoiando e me aguentando kkk

    Curtido por 1 pessoa

  4. Ter tpm é a pior coisa meu Deus, eu tenho muitaa! E assim como você tenho uns 15 dias antes, ou até mais, mas vária muito, tem vez que fico mega irritada a ponto de qualquer coisinha me incomodar e outras eu fico muito sentimental, mas é mais irritada mesmo. E coitados dos nossos namorados hahaha.
    Adorei o post Mari e ah as fotos também!
    Beijoos 😘

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s