REVIEW: À PROCURA DE AUDREY DE SOPHIE KINSELLA

“Audrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor.”
(skoob.com) 334 páginas – Editora Galera – 2015.

Meu primeiro livro do ano *—* É com muito amor que faço essa resenha!

wp-1478380918328.jpeg
Foto: Mari Bomfim

Comprei esse livro porque a capa é linda e porque eu amo Sophie Kinsella, até então, meu livro favorito dela era “Lembra de mim?”, mas com certeza “À procura de Audrey” já está no meu coração profundamente. Eu achei que seria um daqueles livros tranquilinhos e “rasos”, não que eu esteja julgando, é bom ler coisas não muito profundas às vezes, mas enfim, achei que era sobre o bullying que Audrey sofreu, mas não, a história é sobre outra coisa.

O livro conta a história de Audrey, uma menina de 14 anos que passou por algo muito ruim na escola o que a deixou doente: transtorno do pânico, de ansiedade generalizada e episódios de depressão, então é algo muito profundo e delicado, ainda mais porque o livro é em primeira pessoa, estamos dentro da cabeça dela e é incrível o modo como ela lida com isso. O livro fala sobre a tensão que pode causar dentro da família, as angústias sofridas por todos, as sessões de terapia, remédios e tudo mais que faz parte do tratamento. A dificuldade de aceitar que se está doente e precisa de ajuda. Tudo isso escrito em 334 páginas ~que acabei lendo em dois dias de tão apaixonada que eu fiquei ~ e com a escrita delicada e divertida de Sophie.

costa
Foto: Mari Bomfim

O livro é novo, foi lançado em 2015, e tem muitas referências pops de coisas que eu e você fazemos o tempo todo: Netflix, How I met your mother, StarWars, jogos de computador e videogame, seriados, celular, Polishop [quem nunca ficou assistindo aquele negócio hipnotizante!] A tipografia está muito boa! A letra tem um tamanho bem tranquilo de ler que não cansam os olhos, além da capa e contra capa ser muito linda a ponto de você querer muito ter esse livro na estante.  Meu novo queridinho chick lit!

Gosta de Sohie Kinsella? Livros Jovens Adultos ou chick lit? Qual é seu primeiro livro do ano? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

13 comentários em “REVIEW: À PROCURA DE AUDREY DE SOPHIE KINSELLA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s