REVIEW: O LADO BOM DA VIDA DE MATTHEW QUICK

“Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele ‘lugar ruim’, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um ‘tempo separados’. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.” Editora Intrínseca – 2013 – 256 páginas.

wp-1478871080691.jpeg
Foto: Mari Bomfim

Eu contei nesse post que havia comprado livros em um sebo lá em Curitiba, viagem que fizemos em dezembro do ano passado. Um desses livros, foi o mais conhecido de Matthew Quick, por dez reais comprei e fiquei super animada para começar a ler, porém as leituras foram vindo e eu fui deixando ele de lado e acabei lendo no finalzinho de fevereiro. Eu já havia assistido o filme antes, logo que lançou, então não lembrava muito bem da história, mas de repente, quando eu comecei a ler eu fiquei maravilhada de como o livro é repleto de conteúdo, sério!

Esqueça o filme, não tem nada a ver. A história do livro é muito mais emocionante e faz a gente se envolver com o Pat de uma forma tal, que a gente até torce para ele ficar com a Nikki e ter seu final feliz. Uma coisa que é importante ter em mente quando a gente vai ler um livro como esse, é que qualquer pessoa, em qualquer momento da sua vida, pode ter algum transtorno psicológico, independente de como a pessoa é! Porque a gente tem ainda aquele estigma de que ou a pessoa nasceu com esse “problema” ou que ela é fraca e surta. Nada disso, galera! Eu sei que é assustador, mas isso é real, por isso é muito importante cuidar da saúde mental em vez de achar que é mimimi ou frescura, mas isso é assunto para outro post.

O livro conta a história de Pat, que acaba de sair “do lugar ruim” e não entende muito bem porque foi parar lá ou porque as pessoas insistem em achar que estão a 4 anos no futuro…Ele só lembra que tem uma mulher por qual é apaixonado, que houve alguma coisa errada e eles precisaram de “um tempo separados” e que, agora, ele tem problemas com solos de saxofone. Como o livro é contado em primeira pessoa, temos apenas a dimensão do que Pat acha que aconteceu, mas aos poucos, vamos percebendo o que ele tanto quer negar: talvez Nikki nunca volte.

No meio do caminho, Pat encontra Tiffanny, uma jovem viúva tempestuosa que não é bem vista nem pelo próprio cunhado. Apesar de serem muito diferentes, algo os aproxima e percebem que sua vidas mudaram bruscamente e que agora só eles podem se apoiar, porque passaram por momentos muito parecidos. Conseguem desabafar um com o outro e acabam se tornando grandes amigos.

Após um acordo com Tiffanny, Pat começa a fazer aulas de dança com a própria amiga e depois disso, só posso dizer que o livro fala sobre família, medicação, terapia, luto, transtornos psicológicos, perda, amigos, amor, e porque não, finais felizes.

Destaque para as sessões de terapia e ensaios de dança! Ele “editando” seus ensaios com a música do Rocky Balboa “tocando” é muito divertido! Ainda não havia lido nada do autor, mas sem dúvida esse livro fez com que eu me empolgasse mais e procurasse outros livros dele, quem sabe, logo teremos review.

Já leu esse livro? Gosta de Matthew Quick? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

4 comentários em “REVIEW: O LADO BOM DA VIDA DE MATTHEW QUICK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s