REVIEW: LOVE–1ª TEMPORADA–NETFLIX

Love é uma série original da Netflix que, pelo menos aqui em casa, é amado ou odiado. Sim, sentimentos muito intensos para uma série de comédia, mas talvez porque a série seja mais do que isso. Primeiramente se você está indo assistir por causa do nome da série, acreditando que será um romance fofo, esqueça. O que mais gostei desse seriado é que os personagens são pessoas reais, pessoas tentando ser adultas, mas ainda muito imaturas e descontentes com as coisas da vida (trabalho, relacionamento, autoestima). Judd Apatow, criadora da série, não tem meias palavras, não deixa nada subentendido, é escancarada!

Temos dois protagonista muito improváveis: Gus, que é professor em um estúdio de Hollywood, trabalha no set de um seriado famoso sobre bruxas, dando aula para crianças e adolescentes, mas na verdade ele só está ali para cumprir o contrato. Apesar de às vezes se esforçar, ele na verdade quer escrever scripts para TV, mas é tímido e não confia no próprio taco. Além disso, Gus, um nerd cheio de manias, tentando deixar tudo perfeito, tem bons amigos, que deixam a vida dele mais leve e divertida.

Mickey é, por fora, uma mulher independente, moderna e cheia de atitude, mas por dentro tem medo de ficar sozinha, é viciada em drogas e usa o sexo para atingir objetivos. Trabalha em um programa de rádio que dá conselhos amorosos para os ouvintes. Tem alguns amigos, mas a pessoa que mais a ajuda é sua nova colega de quarto, australiana, que mostra algumas falhas em seu caráter.

Ambos se encontram da maneira mais estranha possível, Gus acaba de sair de um relacionamento longo e Mickey, pula de relacionamento em relacionamento. Os dois se encontram exaustos, estão na casa dos 30, não estão contentes com seus empregos, seus relacionamentos, com eles mesmos, nem com a vida. Sim, eles formam um casal improvável e erram tanto um com o outro durante os 10 episódios que o final acaba sendo muito surpreendente.

Minha irmã odiou a série com todas as forças, realmente a série não é fácil, ela cutuca a gente de uma forma que incomoda muitas vezes, não tem um “felizes para sempre”, mas talvez seja essa a crítica, para uma geração que nasceu acreditando em comédias românticas de Hollywood, uma série que se passa nessa cidade, cheia de defeitos e verdades escrachadas. Eu adorei a série por tudo isso que eu falei, mas também porque os personagens secundários (os amigos do Gus, os funcionários do estúdio que ele trabalha, as pessoas que a Mickey cruza no caminho), são muito reais e divertidos!

Assistam e me digam se gostaram, como eu, ou detestaram como minha irmã! ahhahaha

Já assistiu Love? Gosta de séries? Comente!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

7 comentários em “REVIEW: LOVE–1ª TEMPORADA–NETFLIX

  1. Oi Mari! Como sempre, seus posts são o máximo! Muito bem redigidos e, o melhor de tudo, autênticos! Não vejo posts parecidos com os seus em nenhum outro blog, e amo muito tudo isso! heheh
    Sobre a série… já assisti alguns episódios e estou gostando muito! É uma série bem divertida, e ao mesmo tempo bem adulta. O que achei ótimo, pois às vezes sinto falta de séries mais voltadas para os jovens adultos. 😉
    Sobre o final, não quero que o Gus fique com a Mickey, acho que ele já perdeu algumas oportunidades de conhecer mulheres legais por causa dela, mas espero de tudo no fim! heheh
    Adorei
    Xero

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: TAG: TOP 7 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s