RETRATAÇÃO: Um filme que me fez chorar

Em meados de abril do ano passado eu comecei o desafio cinetoscópio, que agora o Rafa também está fazendo! Quando eu comecei o desafio, o primeiro tema era “um filme que me fez chorar” e na época coloquei um que realmente tinha me emocionado muito. Mas hoje tive que escrever essa retratação.

No final de semana, eu e o Rafa, assistimos um documentário que me fez chorar litros! Sério! Fiquei muito mal, acredito que nenhum filme já feito teria o mesmo efeito que esse documentário teve sobre mim. Infelizmente é uma história real, infelizmente é uma história sem final feliz.

DEAR ZACHARY: UM CASO CHOCANTE (2008)

“Um cineasta. Kurt Kuenne, tentando salvar as lembranças de um amigo assassinado descobre que a mulher que o matou estava grávida de um filho do amigo. Trata-se de um drama real filmado e montado em formato de documentário, parte com as lembranças antigas, parte com os acontecimentos que se desenrolam durante as filmagens aumentando a dramaticidade.”(filmow.com)

Não posso falar muito sobre a história, porque ela é cheia de spoilers, e porque provavelmente vou começar a chorar de novo, mas o modo como foi feito, pra quem foi feito e as coisas que vão sendo descobertas durante as filmagens, fez eu chorar de soluçar e ficar mal o resto do dia. Mesmo sendo tão triste, é um documentário que precisa ser visto e discutido!

Se você assistiu ao filme, me conta o quanto chorou, se não viu ainda, recomendo!

Era isso! Precisava fazer essa retratação!

Gosta de documentário? Que filme te fez chorar?

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

8 comentários em “RETRATAÇÃO: Um filme que me fez chorar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s