DESAFIO CINETOSCÓPIO DO RAFA #6

Olá! Meu nome é Rafael e voltei para dar continuidade ao desafio cinetoscópio dos 30 filmes que estou fazendo aqui no blog da Mari. Fiquei uma semana sem postar nada porque a Mari falou que eu escrevi demais sobre o Godard, que sou muito fanboy e ia ficar de castigo. Mas agora eu voltei e o tema de hoje é:

#6 – UM FILME COM SEU ATOR FAVORITO

Vou falar do meu ator favorito. Aliás, vou falar de um cara que, além de ator, era diretor, produtor, humorista, empresário, escritor, comediante, dançarino, roteirista e músico. Ele é um dos sete samurais do cinema, ele é o cinema: Sir Charles Spencer Chaplin.

Enfim, escolher o meu ator favorito foi fácil. Sou grande fã de Al Pacino, Robert de Niro e Jean-Paul Belmondo, mas Chaplin é insuperável, praticamente uma unanimidade. Existem os que acham que o Keaton foi melhor que ele, ignore essa gente (mas assista os filmes de Buster Keaton). Chaplin pode ser resumido em três palavras: MAIOR DE TODOS.

Difícil foi escolher um filme desse gênio. “Tempos modernos” é o meu favorito. A Mari já falou sobre “Luzes da cidadeaqui. Resolvi escolher “O grande ditador”.

https://i1.wp.com/www.dw.com/image/0,,16911675_303,00.jpg

O grande ditador” é o primeiro filme falado de Chaplin e foi lançado em 1940. A história é a seguinte: Adenoid Hynkel (Charles Chaplin) assume o governo de Tomainia. Ele acredita em uma nação puramente ariana e passa a discriminar os judeus locais. Esta situação é desconhecida por um barbeiro judeu (Charles Chaplin), que está hospitalizado devido à participação em uma batalha na 1ª Guerra Mundial. Ele recebe alta, mesmo sofrendo de amnésia sobre o que aconteceu na guerra. Por ser judeu, passa a ser perseguido e precisa viver no gueto. Lá conhece a lavadora Hannah (Paulette Goddard), por quem se apaixona. A vida dos judeus é monitorizada pela guarda de Hynkel, que tem planos de dominar o mundo. Seu próximo passo é invadir Osterlich, um país vizinho, e para tanto negocia um acordo com Benzino Napaloni (Jack Oakie), ditador da Bacteria. (adorocinema.com)

https://naosaoasimagens.files.wordpress.com/2014/12/the-great-dictator-1-1024x539.png?w=900

Como todo mundo sabe, esse filme é uma sátira ao nazi-fascismo e aos regimes ditatoriais de Hitler e Mussolini. Chaplin brilha na atuação e seu roteiro é ácido, inteligente e divertido. O filme traz reflexões pertinentes e já fazia previsões desastrosas. Ficou famoso principalmente pelo discurso final que é maravilhoso e te faz pensar porque Chaplin nunca tinha feito um filme falado antes. É um ótimo filme para começar a conhecer e gostar de Chaplin, que percebo que é um diretor muito falado, mas ainda pouco visto. Enfim, assista “O grande ditador”.

https://media.giphy.com/media/SVUSEo78kyzLy/giphy.gif

Se me perguntam o que fazer para se tornar cinéfilo, minha resposta é: o primeiro passo é amar a Chaplin sobre todas as coisas.

Escrito por:
Rafael Forcassin

 

Anúncios

9 comentários em “DESAFIO CINETOSCÓPIO DO RAFA #6

  1. Meu ator favorito é Mark Ruffalo.
    Se fosse fazer esse post, acho que falaria de ‘The Normal Heart’, um dos melhores filmes que vi na vida e em que ele está em um dos melhores papéis.

    Adorei o post, Mari (amo desafio Cinetoscopio♥)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s