Um post sobre Orgulho e Preconceito!

BEDA logo

Esses dias eu andei pensando muito sobre o Orgulho!

Toda vez que eu pensava nesse sentimento voltado a mim mesma, me vinha uma conotação ruim, eu não conseguia sentir orgulho de mim mesma, das coisas que eu tenho ou fiz, porque eu aprendi naquele manual de etiqueta social que enfiam na gente quando somos crianças, que sentir orgulho não é bom!

Tudo bem eu ter orgulho das conquistas dos outros, mas ter orgulho das minhas próprias não podia! Imagina! Ia ser muita pretensão minha sentir orgulho dos meus pequenos feitos, quem era eu pra ficar me achando assim! O que eu tinha conquistado para ficar orgulhosa?!

Eu lembro que quando eu passei na faculdade eu não me senti orgulhosa, porque eu pensava que isso era o mínimo e tinha muita coisa para alcançar, quando eu me formei, novamente não me senti orgulhosa, porque agora eu tinha que arranjar algum trabalho na minha área se não de nada valeria o diploma, então não tinha porque sentir orgulho. Foi assim, quando passei em Concurso Público, quando eu paguei minha CNH e passei direto, quando comprei meu carro sem ajuda financeira dos meus pais…

Eu não conseguia me sentir orgulhosa pelas minhas conquistas, mas ficava esperando que os outros sentissem orgulho de mim, então caiu a ficha [sempre cai]: eu tinha preconceito de ter orgulho! Eu sempre ficava diminuindo as minhas conquistas por questões que estão sendo trabalhadas em terapia! Então eu entendi!

Não há pretensão nenhuma em ficar feliz com as minhas próprias conquistas, aliás, sou eu quem tenho que ficar feliz, as outras pessoas estão preocupadas em alcançar e se orgulhar das conquistas delas! Eu não preciso me preocupar com isso. Eu já falei aqui em alguma balela sobre nos enxergarmos como nossos amigos e não ficar se comparando as pessoas. Então… é exatamente isso!

Sinta-se orgulhosa daquilo que você é, daquilo que você conquistou, daquilo que você está conquistando! Vamos parar de se comparar, vamos parar de esperar que os outros reparem nas nossas conquistas. Quem realmente gosta de você, quem realmente repara em você, está orgulhoso de cada coisinha que você faz, pode ter certeza disso!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

9 comentários em “Um post sobre Orgulho e Preconceito!

  1. Adorei teu texto Mari. Perfeito! Aliás, amo tudo o que você escreve, tens um talento natural viu? E pode se orgulhar disso! hehe
    Ah, acho que o que você tem não é um orgulho “ruim” sabe, está mais para satisfação pessoal! Isso todos temos que possuir para não correr o risco de sermos mal agradecidos. Né?
    Amei
    Xero

    Curtido por 1 pessoa

  2. Corri aqui assim que vi o título, juro, sou apaixonada por orgulho de preconceito de Jane Austen. rs
    Mas o tema da maneira que o construiu foi interessante. Eu sempre tive orgulho dos meus atos. Fui educada a entender que o orgulho, como todas as coisas, tem seus dois lados, mas é preciso aprender a domar nossos gestos, de maneira a construir quem somos. Me sinto orgulhosa por realizar projetos, de ser capaz de avançar ou recuar de determinadas situações. De me olhar no espelho e gostar do que vejo.
    O preconceito e outra palavra com a qual lido diariamente e, as vezes, me sinto vencida, mas não desisto.
    bacio

    Curtido por 1 pessoa

  3. Maaari, me encontrei total nesse seu texto! Também tive que trabalhar muito isso e algumas coisas relacionadas em terapia, mas a melhor sensação é quando nós mesmos nos satisfazemos e sentimos orgulho de nós, sem esperar que venha dos outros… Parabéns pelo texto ❤
    Beeeijos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s