DESAFIO LITERÁRIOS DOS 60 DIAS #27 #28

BEDA logo

E lá vamos nós de novo para esse desafio que era pra ser dos 60 dias, mas tá virando uma eternidade! Quer saber sobre os outros livros? Clica na barra do menu ali em cima e selecione a categoria, ou clique aqui.

DESAFIO LITERÁRIO DOS 60 DIAS

#27 – UM LIVRO QUE VOCÊ E SEUS PAIS TENHAM LIDO

#28 – UM LIVRO QUE VOCÊ QUER LER DE NOVO

Meus pais sempre gostaram muito de ler. Apesar de hoje eu pouco vê-los fazendo isso, quando eu era criança, isso era bem frequente. Quando eu tinha uns 12 anos, eu vi minha mãe lendo um livro que está na parte da estante que era do meu pai, a capa tinha uma família, e eu lembro que eu tinha gostado muito do título do livro, por algum motivo eu achava engraçado.

Lembro também que eu e minha mãe tínhamos o hábito de, após terminar um livro, contar uma para outra a história, tipo resumão, partes mais legais e tal. E quando ela falou da história desse livro eu achei muito interessante e logo quis ler também.

*a capa era exatamente essa*

Esse livro era “Erámos Seis” de Maria José Duprè, um dos muitos livros da coleção Vagalume que a gente tinha em casa [e que sumiram].

“A história de Dona Lola e sua família, uma bondosa e batalhadora mulher que faz de tudo pela felicidade do marido, Júlio, e dos quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Maria Isabel. A vida de Dona Lola é narrada desde a infância das crianças, quando Júlio trabalha para pagar as prestações da casa onde moram, passando pela chegada dos filhos à fase adulta e de Dona Lola à velhice. Conforme os anos passam, vão se modificando as coisas na vida de Dona Lola: a morte de Júlio; o sumiço de Alfredo pelo mundo; a união de Isabel com Felício, um homem separado; a ascensão de Julinho, que se casa com uma moça de família rica. O título do livro vem da situação de Dona Lola ao fim da vida, sozinha num asilo: eram seis, agora só resta ela. Também são expostos no livro outras personagens, como os familiares de Lola: na cidade de Itapetininga, interior paulista, moram a mãe, Dona Maria; a tia Candoca; as irmãs Clotilde, solteira, e Olga, casada com Zeca, seu cunhado; na cidade, vive a rica tia Emília, irmã de seu pai; e a filha dela, Justina.”(skoob.com)

Eu me espantei com a sinopse do livro, simplesmente não é um livro infanto-juvenil, mas eu o li com doze anos de idade e provavelmente não entendi muita coisa. Eu não lembro da história, não lembrava dessa sinopse, mas eu lembro de algumas partes do livro. O apego da protagonista com a casa, que demorou séculos para pagar e no fim ela acaba vendendo. Lembro a dificuldade da mãe em cuidar dos filhos que ela tentava por na linha, mas nunca sabia o que de fato estava acontecendo.

Me recordo que eu tinha gostado do livro, apesar de algumas palavras ou expressões não fazerem sentindo para mim. Tinha um trecho que eu li várias vezes, mas não conseguia entender: um dos filhos de Dona Lola foi  demitido ou estava procurando emprego, sei lá, e todos as vagas exigiam que ele usasse “a máquina” e eu não tinha ideia do que era isso, do que significava isso, na minha cabeça infantil, “a máquina” era uma super máquina complicada de usar, mas depois de algum tempo descobri que era a máquina de escrever!!

Então me veio a vontade de ler esse livro novamente, agora adulta e entendendo todo o contexto histórico e emoções vividas pelo personagem para saber se eu ainda ia gostar da história.

E você, lembra de algum livro que você e seus pais leram?

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

2 comentários em “DESAFIO LITERÁRIOS DOS 60 DIAS #27 #28

  1. Nossa, não conhecia a história do livro, apesar de ter visto alguns episódios de uma novela com o mesmo nome, que passava no SBT quando eu era mais nova.
    Linda a história, e realmente você era bem pequena para ler um livro assim aos 12! hehe No meu caso, eu e minha mãe lemos Brida, e algumas outras obras de Paulo Coelho. Admito que era bem novinha quando li, também! hehe
    xero grande

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s