REVIEW: A Revolução dos Bichos de George Orwell

“Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, ‘A Revolução dos Bichos’ é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.” (skoob.com) Editora Cia das Letras, 2007, 120 pags.

wp-1479152569438.jpeg
Foto: Mari Bomfim

O Rafa sempre me falou muito sobre esse livro e eu estava muito curiosa para lê-lo. Na minha cabeça inocente, alimentada por livros e filmes com finais felizes, eu achava que o livro seria algo parecido com “Os Saltimbancos” de Chico Buarque. Pra quem não conhece, os Saltimbancos é uma peça em forma de fábula musical que faz crítica à Ditadura Militar do Brasil. Na história de Chico Buarque as coisas acabam bem, já na fábula de Orwell…

O livro conta como os animais da Granja Solar se reuniram e de forma brilhante se levantaram contra os humanos que só o maltratavam e tirando proveito de suas habilidades. No começo foi lindo, animais unidos, lado a lado, dando o seu melhor para mostrar ao mundo que se pode viver em comunidade sem ninguém ser superior ao outro… mas a teoria é bem mais bonita que a realidade. Aos poucos os porcos se proclamaram líderes, por serem mais inteligentes e coisas estranhas começaram a acontecer.

O que é incrível no livro, é que cada situação foi pensado, cada comportamento e metáfora foi colocada ali com destinos certo. Dois personagens que eu fiquei apegada desde o começo foi no Burro Benjamin e no Cavalo Sansão. Benjamim sabia das coisas, entendia exatamente tudo o que os porcos estavam fazendo e sabia onde eles queriam chegar, mas sabia também que não valeria de nada se rebelar contra eles “os burros vivem mais do que qualquer animal”. Já Sansão acreditava de olhos fechados em tudo o que Napoleão dizia, era extramente submisso e inocente, fazia tudo de bom coração, sem esperar nada em troca, quando tudo estava ruim ele só queria trabalhar mais para que os outros vivessem em um lugar melhor.

Orwell escreve de forma brilhante! Ele te envolve na história, mostra como é fácil manipular uma população inteira [tudo isso escrito em plena Segunda Guerra Mundial], seu manuscrito quase se perdeu por causa das bombas, mas por sorte pode ser publicado. Até hoje ele é usado como símbolo da luta contra a tirania, qualquer forma de tirania. Muitas pessoas ~principalmente os EUA ~usaram esse livro como uma apologia contra o comunismo, mas o texto é claro, nem porcos, nem humanos, nenhuma tirania é boa!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios

7 comentários em “REVIEW: A Revolução dos Bichos de George Orwell

  1. Mari
    tem um filme no Netflix que chama ‘A Onda’, não sei se você já assistiu, mas ele me lembrou o conceito desse livro e é maravilhoso (acho que o melhor filme que assisti em 2016!).
    depois me conta o que achou!
    beijos♥

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s