DESAFIO CINETOSCÓPIO DO RAFA #28

Olá! Meu nome é Rafael e voltei para dar continuidade ao desafio cinetoscópio dos 30 filmes que estou fazendo aqui no blog da Mari. O tema de hoje é:

#28 – Um filme famoso/clássico/consagrado que você não gosta

Vixe! Sinto que hoje serei xingado e provavelmente nunca mais escreverei aqui. Mas vamos lá! O filme famoso que eu não gosto é: Moulin Rouge!

Sei que muita gente gosta dessa bosta desse filme, inclusive a Mari, por isso vai dar treta. Moulin Rouge! tem 227.588 avaliações no IMDB  e uma boa nota média de 7,6. Não entendo o porquê.

Dirigido por Baz Luhrmann, Moulin Rouge! (que no Brasil recebeu o ridículo subtítulo Amor em vermelho) é um filme de 2001 estrelado por Ewan McGregor e por uma insossa Nicole Kidman.

Christian (Ewan McGregor) é um jovem escritor que possui um dom para a poesia e que enfrenta seu pai para poder se mudar para o bairro boêmio de Montmartre, em Paris. Lá ele recebe o apoio de Henri de Toulouse-Latrec (John Leguizamo), que o ajuda a participar da vida social e cultural do local, que gira em torno do Moulin Rouge, uma boate que possui um mundo próprio de sexo, drogas, adrenalina e Can-Can. Ao visitar o local, Christian logo se apaixona por Satine (Nicole Kidman), a mais bela cortesã de Paris e estrela maior do Moulin Rouge. (filmow.com)


Quando se tem a ideia de fazer um musical, qual é a primeira coisa necessária? Músicas! Criar músicas!!! Pegar músicas famosas, mudar os arranjos e tentar encaixá-las no contexto de um filme é um recurso preguiçoso, para não dizer covarde. Além disso, o filme é presunçoso e cansativo.

E o que dizer do casal principal? Nicole Kidman está insuportável e a química dela com McGregor não existe, não dá pra acreditar no amor deles em nenhum momento. A melhor cena do filme é a cena da morte da personagem Satine; o problema é que ela demora o filme inteiro pra morrer.

PS: Também odeio Mamma Mia e Across the universe, musicais sem músicas originais. Obrigado pela compreensão.

Escrito por:
Rafael Forcassin

PS2:Como já dito anteriormente, esse blog é aberto à toda e qualquer opinião, mesmo que seja contra um filme que fez minha adolescência e me fez cantar Roxanne mil vezes em um dia.

Mari Bomfim

Anúncios