I’m back

Resultado de imagem para i'm back tumblr

Fiquei um bom tempo sem escrever aqui porque simplesmente não sentia vontade de fazê-lo. Eu não tenho grandes metas, nem objetivos específicos para o blog, eu não quero que ele seja algo grande e nem espero ganhar dinheiro com ele. Ele não é um blog desse tipo [adoro blogs assim, consumo muito esse tipo de blog, mas o Mire na Lua não é para isso].

Então eu fiquei pensando, cá com meus botões, então pra que que ele serve mesmo? Eu criei o blog porque eu sempre gostei de escrever e achei que era hora de mostrar isso para algumas pessoas, falando sobre coisas aleatórias, que eu gosto, como filme, livros, desabafos, portanto o blog é algo para mim mesmo, um hobby, para passar o tempo.

Mas nos últimos dias eu não estava afim de escrever, não aconteceu nada de ruim, pelo contrário, estou muito feliz com tudo, mas escrever ficou meio sem sentido, como se fosse perda de tempo. Por alguns dias perdi o tesão de escrever.

Então eu resolvi não escrever, me permiti ter meu momento sem cobranças sobre o que fazer de agora em diante com o Mire na Lua, e pra ser sincera eu ainda não to muito certa do que vai acontecer, mas eu resolvi, pelo menos por um tempo, voltar com as balelas e me divertir um pouco com isso.

Eu sei que eu não precisaria estar escrevendo tudo isso, mas é mais uma justificativa para mim mesmo, sabe? Enfim, todos os textos serão escritos de forma verdadeira e quando eu estiver com vontade [não que isso não acontecia antes, mas eu meio que me cobrava para sair no dia certo e tudo mais].

Eu meio que penso que tudo isso é alguma coisa boa, sabe. Eu sempre usei “escrever” como uma forma de fugir de algo que estava me incomodando e eu não conseguia resolver, então talvez a diminuição de “balelas” no blog signifique que eu esteja resolvendo as coisas pessoalmente e me sentindo em paz com tudo isso.

Mas porque não escrever quando estou feliz? Ou porque não escrever algo por mim mesma? Porque a gente acha que fazer algo pela gente é egoísmo ou besteira? Não sei! Podemos discutir sobre isso mais tarde, mas o Rafa me fez ver que se é algo que me faz bem, não precisa fazer sentido.

Ele tem razão!

O blog vai continuar!

Escrito por:
Mari Bomfim

Anúncios